ADMINISTRAÇÃO  


O Barato que sai caro ( 14/05/2012 )

Novamente, a ANDIPA vem alertar aos consumidores sobre os riscos que correm os compradores de papéis comerciais a preços "baixos". Constituição de 1946, que determinou o modelo ainda vigente do benefício aos livros, revistas e jornais, em prol da cultura e informação. Inspirado no aniversário de dez anos da Andipa, o NewsPaper fez um resgate da história deste que é o maior problema do setor - o desvio do papel imune - e dos esforços de controle e fiscalização, que surgiram juntamente com a instituição da imunidade.

Para este trabalho, a reportagem recorreu à pesquisa e à generosa memória do finlandês Martti K. Soisalo, conselheiro da Samab, personagem da história do papel no Brasil, que chegou em 1952 para trabalhar na empresa, que então se chamava S.A. Mercantil Anglo-Brasileira (S.A.M.A.B.). Em uma verdadeira aula, senhor Soisalo dissertou sobre a árida atividade papeleira do Brasil desde a segunda guerra mundial. "A imprensa toda usava papel importado", conta ele que ainda carrega o sotaque característico de estrangeiro.

 
 VOLTAR