ADMINISTRAÇÃO  


Sinapel engloba novas categorias ( 28/12/2015 )

Sinapel engloba novas categorias e foca no estado de São Paulo

Os segmentos atacadistas de material de escritório e de papelaria estão se juntando aos de papel e papelão no estado de São Paulo e passam a ser representados pelo Sinapel. As mudanças na base de contribuição e na abrangência geográfica do Sinapel foram aprovadas em novembro, seguindo trâmite legal e posterior homologação do Ministério do Trabalho. Com as inclusões, o Sinapel passará a ser denominado Sindicato do Comércio Atacadista de Papel, Papelão, Artigos de Escritório e de Papelaria do Estado de São Paulo.

Até então, os atacadistas dos dois segmentos contribuíam como categorias inorganizadas. Em breve, o comércio atacadista de artigos de escritório e de papelaria poderá contar com os serviços e assessorias do Sinapel, como ser representado nas negociações salariais e ter assistência jurídica e apoio da equipe técnica da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP).

A diretoria do Sindicato justificou o pedido para incorporar as duas categorias, explicando que há afinidades nos mercados dos segmentos como cadeia de negócios atacadistas, que podem ser beneficiados pelas experiências adquiridas nos ramos de papel e papelão. A desnacionalização do Sinapel foi apresentada como um ajuste natural em função de sua base de contribuição já estar concentrada no estado de São Paulo. A expectativa é iniciar imediatamente o processo de aproximação com as empresas para conhecer as demandas específicas dos setores e propor ações efetivas no âmbito da atuação sindical.

História
O Sinapel nasceu com a criação da Associação Profissional dos Comerciantes de Papel e Papelão de São Paulo, em 1938, por iniciativa de 28 comerciantes do ramo papeleiro. Em 1945, foi reconhecido como Sindicato e filiou-se à Federação do Comércio do Estado de São Paulo. Em quase oito décadas de atividades, o Sinapel teve intensa atuação junto ao comércio atacadista de papel e papelão, congregando distribuidores e aparistas.

Um dos projetos bem-sucedidos e longevos do Sinapel é a Central de Informações do Ramo Papeleiro (CIRP), uma ferramenta de análise de crédito criada em 1997, exclusivamente para as empresas do segmento atacadista de papel. O sistema de consulta online é operado pela Serasa Experian, com suporte no sindicato, fornecendo informações detalhadas e precisas para o crédito, com total confiabilidade e redução de custos.

 
 VOLTAR