ADMINISTRAÇÃO  


Fabricante nacional produziu mais e vendeu menos em 2016 ( 15/05/2017 )

A produção brasileira de papéis para imprimir e escrever foi de 2.507 mil toneladas em 2016, 15 mil toneladas a mais que em 2015, crescimento de 0,6%, conforme consta no relatório estatísticos Cenários Ibá, nº 32. Nas vendas domésticas a diferença seguiu o mesmo percentual, só que negativo. No ano passado, os fabricantes venderam internamente 1.543 mil toneladas, 9 mil toneladas a menos que em 2015.

O mercado externo também reduziu o consumo de papel brasileiro no ano passado. Foram embarcadas 927 mil toneladas 1,9% de queda frente as 945 mil toneladas de 2015.

No geral, a produção caiu 0,2% e as vendas domésticas 0,3%, enquanto as exportações cresceram 2,2%. Foram produzidas 10.335 mil toneladas de papéis para todos os fins, das quais 5.429 mil toneladas abasteceram o mercado interno e 2.103 mil toneladas seguiram para exportação. Veja gráfico na edição 55 do NewsPaper.

 
 VOLTAR